Rogerio Taveira

PENHA SCO Art Residency

Posted in Drawings by rogeriotaveira on July 9, 2019
penhasco_RT_01Photography by Francisca Veiga

 

April to June 2019

Before being Abandonment and Penhasco (Cliff), this space was inhabited by a small textile industry. Only a few fragments of iron and cardboard remain. These are the objects that have produced the charred voice that echoes in Penhasco and in the two-dimensionality of a large sheet of paper. In the charcoal tracks, a soundscape is drawn which summons memories of this other space of work, erased by rust and silence. The maintenance of a repetitive, exhaustive, abyssal work, conditioned by the denial of the city, becomes a producer of sound gestures. The objects found in this space are the tools of drawing and sound production. The premise is that each object has its own vibration, a specific way of modulating the air after being brushed, rubbed or dragged in order to produce sounds and marks on the 8 x 1.5 sheet of paper meters.

///

Antes de ser abandono e Penhasco, este espaço era habitado por uma pequena industria têxtil. Dela restam apenas alguns fragmentos em ferro e cartão. São estes os objectos que têm produzido a voz carbonizada que ecoa no Penhasco e na bidimensionalidade de uma grande folha de papel. Nos rastos do carvão desenha-se uma paisagem sonora que convoca memórias desse outro espaço de labor, apagadas pela ferrugem e pelo silêncio.

A manutenção da natureza de um trabalho repetitivo, exaustivo, abissal, condicionado pela negação da cidade, toma-se como um produtor de gestos sonoros. Os objectos encontrados neste espaço são as ferramentas de desenho e de produção sonora. Parte-se da premissa que cada objecto tem uma vibração própria, um modo específico de modular o ar depois de percutido, friccionado ou arrastado para, no encontro com o carvão, produzir sons e marcas sobre uma folha de papel com 8 x 1,5 metros.

No dia 14 de Junho findou o caminho traçado nesta grande pauta desde Abril.
Neste último andamento os sons foram processados em tempo real pelo Fernando Fadigas.

Advertisements

Comments Off on PENHA SCO Art Residency